O bom julgador por si se julga…

Consta que o ainda presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, terá afirmado que “Durante a crise do euro, os países do Norte mostraram solidariedade com os países afetados pela crise. Como social-democrata considero a solidariedade extremamente importante. Mas quem exige também tem obrigações. Não posso gastar tudo em copos e mulheres e depois pedir ajuda. Este princípio aplica-se a nível pessoal, local, nacional e inclusive a nível europeu”.

Ora como sabemos, aquilo que pensamos dos outros tem, muitas vezes, mais a ver connosco próprio do que com os outros. De resto o próprio presidente teve a honestidade de falar na primeira pessoa. Assim, pelo menos, já sabemos quais são os hábitos de Jeroen Dijsselbloem quando visita um dos ditos “países do Sul”…

 

1 thought on “O bom julgador por si se julga…

  1. Infelizmente este tipo de comportamento alastrou se pela nossa sociedade.
    A sociedade esta cada vez mais consumidora, gerando graves problemas a todos os níveis (desde ambiental ate as relações interpessoais ), mas o julgamento é o vizinho do lado..

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s