A sua Felicidade depende essencialmente de si!

Comemora-se hoje, dia 20 de março, o dia da Felicidade. Mas o que é a felicidade? O que é preciso para alguém ser considerado feliz ou infeliz? Existem pessoas que têm aparentemente tudo e que, ainda assim, não se consideram felizes. Outras, não têm aparentemente nada e dizem ser assim felizes. O que é afinal a felicidade?

Aparentemente o conceito (ou pelo menos os requisitos necessários) à felicidade varia de pessoa para pessoa. Habitualmente a maioria das pessoas parece associar a felicidade à saúde, aos que lhe são próximos ou que amam (família, amigos…), ao dinheiro. etc. Mas temos pessoas parcas em saúde que, ainda assim, parecem ser felizes e outras com saúde e que parecem não o ser. Temos pessoas abastadas, com muito dinheiro, e que ainda assim não são felizes e outras, pobres ou no limiar da pobreza e que ainda assim consegue viver felizes – o dinheiro não compra felicidade, como se costuma dizer.

A felicidade parece, assim, ser algo que se procura, muitas vezes durante toda a vida e que por vezes se encontra, outras não. Parece, essencialmente, passar por se valorizar e agradecer aquilo que se tem e por compreender que não se pode ter tudo, relativizando aquilo que não se tem.

Por estas e muitas outras razões, curiosa ou paradoxalmente, a nossa felicidade parece depender essencialmente de nós. Quantos não são felizes sem o saberem e só percebem o quanto eram felizes quando perderam o que de tão valioso, sem valorizar, tinham. Talvez valha a pena pensar nisto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s