Livro “A Psicologia do verbo Amar e o erradicar da Negligência”

774_a_psicologia_do_verbo_amar_capa_af-1_large

Partilho hoje convosco o mais recente livro do meu caro colega e amigo, Prof. Doutor Luis Maia – A Psicologia do verbo Amar e o erradicar da Negligência – editada pela Sinapis. Deixo-vos com a sinopse da obra e a certeza de momentos de uma agradável e proveitosa leitura.

Nesta obra o autor debruça‑se sobre um conjunto de temas que estão a cair cada vez mais no esquecimento.
As relações humanas estão a ficar decrépitas e cheias de egocentrismo que apenas leva a sofrimento, mesmo entre aqueles que estão muito próximos.
Partindo da sua perspetiva de Psicólogo e Neuropsicólogo clínico, o autor procura debruçar‑se sobre a necessidade de resgatar o “Verbo” amar. É assim um livro técnico, de um técnico, mas que deve ser lido por todas as pessoas, com uma linguagem para todas as pessoas.
Muitas questões são debatidas, sempre a partir de exemplos concretos de décadas de contacto com a psicologia: como amar verdadeiramente, como evitar ser negligenciado ou ser negligente, como tornar‑se mais assertivo, como aprender ou reaprender a dizer “amo‑te”, como lidar com os parceiros amorosos, familiares no geral e com os filhos em particular.
De forma específica, como obrigar o mundo a respeitar‑me e reconhecer o meu amor e autoestima?
Todos nascemos iguais, mas nem todos nos sentimos iguais, e é nisso que queremos ajudar o leitor: é obrigatório que cada um de nós seja capaz de voltar a utilizar uma linguagem de amor, baseada na sinceridade e expressão livre dos nossos pensamentos e emoções.
Para tal é necessário que a Negligência seja eliminada da nossa vida (seja na forma de agente ativo seja na forma de agente passivo).
Com esta obra desafiamos o leitor a responder a várias questões: Porque é que já não consegue ser feliz nas suas relações? Porque é que não se sente amado ou já não consegue amar? Porque é que deixa que as pessoas lhe faltem ao respeito? Porque é que falta ao respeito aos outros e a si? Porque é que sente que a sua família se degrada de dia para dia sem que consiga interromper este horror em processo?
Por mais que pareça pretensioso da nossa parte, esta obra obriga‑nos a refletir, a pensar nos nossos atos e no que nos leva a impedir de sermos felizes. Estudando a psicologia do amor estaremos mais preparados para ser felizes e elevarmos as pessoas que amamos ao local que devem estar: o Olimpo do respeito, amor, carinho, partilha…. Enfim, da vida pura e sincera que todos tivemos dentro de nós quando éramos simples crianças, inocentes e, talvez por isso, puras.
Mais ainda, com esta obra, queremos que ame ainda mais cada dimensão de si, e OBRIGUE o mundo e os mortais a fazer o mesmo: amá‑lo como a pessoa mais importante do seu mundo! Porque de uma pequena semente se chega a uma noz e daí ao maior dos amores! Vamos ser felizes!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s